28 de out de 2009

I think..

Fico vivendo uma vida toda pra dentro, lendo, navegando, ouvindo música o tempo todo. Às vezes a gente vai-se fechando dentro da própria cabeça, e tudo começa a parecer muito mais difícil do que realmente é. Eu acho que a gente não deve perder a curiosidade pelas coisas: há muitos lugares para serem vistos, muitas pessoas para serem conhecidas.